blogs

Efeito

Conhecendo a própolis vermelha: quais são seus benefícios e diferenciais?

26/08/2020

A própolis vermelha, assim como os outros tipos de própolis, é uma resina elaborada pelas abelhas para defender a colmeia. Portanto, ela conta com funções assépticas e antimicrobianas. Logo, quando consumida por nós, humanos, pode promover diversos benefícios à saúde.

Os tipos de própolis são caracterizados principalmente pelas cores, logo, podem variar entre o marrom amarelado, o verde e o vermelho. Como eles também apresentam composições químicas diversas, entender um pouco sobre cada um deles é interessante para descobrir o melhor para suas necessidades.

Sendo assim, neste texto explicaremos o que faz da própolis vermelha um dos estrelas da produção apícola no Brasil.


Por que a própolis é vermelha?

Os apiários dedicados à produção de própolis vermelha no Brasil estão frequentemente localizados em torno de plantas nativas, conhecidas popularmente como rabo de bugio e que possuem resina avermelhada. Essa resina, por sua vez, é coletada pelas abelhas para produzir própolis na colmeia. 

Encontrada principalmente em biomas como o mangue, a rabo de bugio possui alguns outros nomes, como: rabo de macaco, marmelo, marmelo do mangue, marmeleiro da praia, feijão de guaiamum, entre outros.

Apesar de ser a principal responsável pela coloração vermelha da própolis, não é apenas a rabo de bugio que ajuda na elaboração da própolis vermelha. Resinas de uma árvore conhecida como oanani, guanandi, olandi, anani ou ananim também foram encontradas nesse tipo de própolis. 


Onde encontrar própolis vermelha?

A própolis vermelha é comumente encontrada em áreas mais ao norte do país, como os estados de Alagoas, Bahia, Paraíba, Sergipe e Pernambuco. Além disso, também pode ser encontrada em Cuba, México e na China. Entretanto, a própolis vermelha é o segundo tipo mais produzido e comercializado no Brasil e, por conta disso, constitui um importante ativo comercial para os apicultores do Nordeste.


Quais são os benefícios da própolis vermelha?

Vários estudos confirmaram a presença de uma rica variedade de compostos fenólicos, tanto na própolis vermelha quanto na resina das plantas que dão origem a ela. Chalconas, flavonoides, isoflavonas, pterocarpanos e benzofenonas são alguns deles.

Esses compostos apresentam diversas atividades biológicas e estão ligados à melhora no sistema imunológico, redução de agentes patológicos em doenças periodontais e, além disso, na diminuição do surgimento de biofilmes bucais. 

Também foi constatada na própolis vermelha ações anti-inflamatória, antibacteriana e antitumoral. Um dos componentes da própolis vermelha, o isoflavonoide, também ajuda a reduzir inflamações agudas e crônicas. 

Ademais, vale ressaltar que a própolis auxilia na diminuição de inflamações nas artérias. Além disso, já está mais que provada a sua poderosa ação antioxidante e também contra inúmeros fungos, bactérias e vírus.

Viu por que a própolis vermelha pode ser uma super aliada de sua saúde? Se você gostou deste artigo, saiba mais sobre nossos produtos clicando aqui. Caso tenha se interessado pela própolis, você pode saber onde encontrar nosso extrato concentrado aqui. 


Texto adaptado do artigo: Conhecendo a própolis vermelha, elaborado pela especialista em produtos da colmeia Profa. Dra. Maria Cristina Marcucci. Clique aqui para acessar o material-fonte.