blogs

Efeito

Flora apícola: o que é, importância e principais do Nordeste

12/08/2020

Você sabe o que é flora apícola e a importância dela para os produtos advindos das abelhas? Para se ter uma ideia, a flora nativa de um lugar pode ser responsável pelo sabor, aroma e uma série de outras propriedades dos insumos apícolas. 

Por isso, entender do assunto pode te dar uma noção maior de qual produto escolher. Logo, se você quer saber mais sobre flora apícola, continue lendo este texto. 


O que é flora apícola?

A flora apícola é o que se pode chamar de “pasto” das abelhas. Isso porque ela é o conjunto de flores em um bioma que fornece néctar e pólen para as abelhas alimentarem tanto a si mesmas quanto a colônia. 

Também é na flora apícola que as abelhas também coletam resinas das plantas que, posteriormente, se tornam própolis. Como as floras apícolas são diferentes umas das outras, é preciso saber identificar bons locais de cultivo para que a quantidade e qualidade dos insumos sejam maiores. 


O que muda de uma flora apícola para outra?

As floras apícolas são diferentes uma das outras, como já dissemos. O que determina isso é, além das condições naturais, o conhecimento dos produtores sobre as plantas da região. Eles precisam entender o relacionamento entre flora e colônias para entender e identificar quando e como os produtos serão produzidos. 


Quais são as floras apícolas do Nordeste?

O Nordeste é uma região onde a apicultura é fortemente incentivada. Com apiários em diversos tipos de floras apícolas e biomas da região, ela pode ser considerada um berço de insumos com sabores, aromas e propriedades distintas. Isso torna os produtos apícolas produzidos com insumos do Nordeste singulares. 

Resultado de uma biodiversidade tão heterogênea quanto única, a região é agraciada com floras apícolas endêmicas e condições favoráveis à produção sem produtos químicos. Para saber quais são as principais espécies da flora apícola do Nordeste, confira a lista que fizemos abaixo:


Jitirana

É uma espécie rasteira ou trepadeira, que ocorre nas regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste, comum em áreas de pastagens, campos abertos e cercas. Algumas vezes, é considerada uma planta invasora em áreas agrícolas. Ela apresenta flores grandes, de cor lilás, e são grandes fornecedoras de néctar e pólen. 


Bamburral

Planta subarbustiva e aromática, que pode ser encontrada desde o México até sul do Brasil, Também considerada invasora de áreas agrícolas, é muito frequente em pastagens. Bastante visitada por abelhas Apis mellifera e nativas, tanto sociais quanto solitárias, é considerada uma espécie importantíssima da flora apícola nordestina.


Marmeleiro

Espécie que floresce no início do período chuvoso, o marmeleiro é uma planta de grande importância. Afinal, ela é uma das principais fornecedoras de néctar para as abelhas, especialmente na Caatinga. O mel proveniente de suas flores têm cor, sabor e aroma muito apreciados, o que o torna bastante apreciado e comercializado.


Angico-de-bezerro

Árvore de porte médio que possui ocorrência especialmente em regiões da Caatinga. É bastante visitada pelas abelhas durante os meses de dezembro e abril, período em que a espécie floresce. Considerada uma das principais espécies do Nordeste, é responsável por boa parte da produção espécie importante da flora apícola do Nordeste por contribuir significativamente para a formação do mel da região.


Mofumbo

O mofumbo é uma árvore de pequeno porte que ocorre nos biomas Caatinga, Cerrado, Mata Atlântica e Amazônia. Ela floresce principalmente durante o período chuvoso, e suas flores amareladas chamam bastante atenção das abelhas. 


Sabiá

Nativa do Nordeste, o Sabiá é uma árvore de crescimento rápido. Sua florada também ocorre durante o período chuvoso. É considerada uma excelente planta apícola porque fornece grande quantidade de néctar e pólen.

Agora que você já sabe o que é flora apícola, sua importância para a produção de insumos apícolas e as principais do Nordeste, continue navegando por nosso blog para saber mais sobre tecnologia voltada aos processos da apicultura.