blogs

Efeito

Curiosidades apícolas: você sabe como uma colmeia funciona?

10/02/2021

Não é à toa que existem as “abelhas operárias”. Afinal, o modo como uma colmeia funciona se assemelha muito a uma fábrica. Com hierarquias e papéis definidos com clareza, tudo dentro da ‘casa das abelhas’ segue um roteiro muito organizado.

Se você tem curiosidade em saber mais e quer conhecer os detalhes sobre o funcionamento dentro de uma colmeia, continue lendo nosso post. Abaixo, contamos algumas curiosidades sobre o trabalho e o comportamento delas!


Como uma colmeia é feita?

Quando a população de uma colmeia se torna excessiva para sua capacidade, uma boa parte das abelhas migra para dar origem a um novo enxame, levando uma abelha-rainha consigo. Esta tem como função promover o povoamento, que tem início com o acasalamento, conhecido como “voo nupcial”. 

Nesse voo, a rainha é cortejada pelos zangões de outros enxames, que morrem imediatamente após a fecundação. Com isso, ela coleta material suficiente para produzir milhares de ovos, que darão origem à nova comunidade.

Já as abelhas operárias carregam consigo pequenas quantidades de cera, material necessário para dar início à construção da estrutura da colmeia.


O papel da abelha-rainha

Ao contrário do que seu nome sugere, a abelha-rainha não é um indivíduo com poder sobre os outros indivíduos que vivem na colmeia. Ela ganha destaque por ser a única abelha fêmea com capacidade reprodutiva e, por isso mesmo, responsável pelo povoamento da colmeia.

Depois da fecundação, ela se instala em um compartimento construído especialmente para ela, chamado de sala da rainha. Lá, ela permanece pelo resto de sua vida, ocupada com a postura de ovos.


Os zangões

Os zangões têm como única função a fecundação da abelha-rainha. Por causa disso, eles só saem da colmeia durante o voo nupcial. Eles também se diferenciam das abelhas operárias por ter olhos e antenas mais desenvolvidos, estruturas que permitem localizar a abelha-rainha com mais facilidade na hora da fecundação.


Divisão do trabalho

Como já dissemos acima, as abelhas têm funções muito bem definidas, que permitem a manutenção da colmeia. Existem aquelas que se ocupam da construção, por meio da produção de cera. Algumas também se ocupam de limpar os alvéolos, que são os orifícios que permitem a entrada e saída de indivíduos. 

Além disso, há aquelas que coletam e produzem substâncias para alimentação da comunidade e das larvas que darão origem às novas abelhas. Da mesma forma, também existem grupos ocupados em produzir substâncias para defesa do espaço. É graças a essas abelhas coletoras e produtoras que podemos extrair mel e própolis das colmeias.


Comunicação entre as abelhas

Já que a colmeia é uma sociedade tão organizada, você deve se perguntar como as abelhas ficam sabendo quais funções devem desempenhar, não é mesmo? Saiba, pois, que elas possuem mecanismos de comunicação que permitem essa organização. 

Um desses mecanismos é a liberação de feromônios, que permitem identificar quem pode ou não entrar na colmeia, informar sobre a disponibilidade de alimentos ou dar orientação sobre a localização do enxame. Além disso, elas ainda podem se comunicar por meio de movimentos, toques e sons.

Agora que você já sabe como uma colmeia funciona, o que você acha de descobrir mais detalhes sobre como são produzidos os produtos apícolas? Confira aqui o infográfico que nós preparamos para ilustrar o processo!