blogs

Efeito

Própolis ultra: potencializando os benefícios de um protetor natural

28/07/2020

A própolis é uma substância que serve para a defesa das abelhas e, por isso, é fundamental para a sobrevivência da colmeia. Essa defesa não só é benéfica para esses insetos, como também para os humanos, pelo alto teor de nutrientes que apresenta. Porém, é possível obter ainda mais do produto quando se une a diversidade das própolis que podem ser encontradas no Brasil.

O própolis Ultra é um produto que se propõe a potencializar os benefícios de algumas das própolis brasileiras unindo-as em uma única solução. Para saber exatamente como ele funciona e quais benefícios ele pode trazer, continue lendo este texto!


O que é própolis Ultra?

Criação da Beeva Brazil, o própolis Ultra contém 21% de extrato seco de diversos tipos: verde silvestre, vermelho e verde caatinga. O produto ainda conta com partículas de pólen, o tornando ainda mais rico. Por fim, como todos os produtos da foodtech, é livre de aditivos químicos. 

A proposta do pópolis Ultra é aliar a diversidade de composições químicas dos diversos tipos de própolis e, assim, oferecer mais benefícios ativos à saúde de quem o consome. Mas como ele é produzido? Respondemos logo abaixo.


O que tem no própolis Ultra?

Primeiramente, temos os nutrientes dos dois tipos de própolis verde, que são potentes agentes antioxidantes, antimicrobianos e atuantes no sistema imunológico. Também temos as substâncias provenientes da própolis vermelha, que possui ação antitumoral, antimicrobiana e antioxidante. 

Logo, o extrato de própolis Ultra conta com efeitos biológicos e farmacológicos que valem por três produtos em um. Como estudos científicos demonstram que a própolis continua gerando descoberta de tratamentos para diferentes tipos de doenças, a união desses três tipos de resina pode ser tida como uma excelente fonte de nutrientes.


Quais propriedades constituem o extrato Ultra?

Como dito anteriormente, o extrato de própolis Ultra é composto por dois tipos de própolis verde, o silvestre e o caatinga, além da própolis vermelha. E o Brasil é bastante conhecido pelos três tipos, visto que é o maior produtor nos três casos.


Própolis verde

No que diz respeito à própolis verde, ela é produzida a partir do alecrim do campo, podendo ser encontrada em mais de um bioma. De acordo com estudos, ela conta com propriedades antibacterianas, anti-inflamatórias e anticancerígenas. É tida por pesquisadores da área como um potente antibiótico e já foi comprovada eficácia em tratamentos de Alzheimer.


Própolis vermelha

Já a existência da própolis vermelha no Brasil restringe-se à costa nordestina (Alagoas, Bahia, Paraíba, Sergipe e Pernambuco). Nesse caso, a rabo-de-bugio, vegetação típica dos manguezais, é uma das principais fontes de resina vermelha. 

Os primeiros estudos sobre ela apontaram eficácia contra a psoríase, além de ações anti-inflamatória, analgésica e antitumorais. A identificação de novos constituintes na própolis vermelha brasileira, por meio de pesquisas, continuam descobrindo novas funcionalidades à resina. 

Logo, também é possível atribuir à própolis vermelha atividades antibacterianas, antimicóticas e antirradicais livres. Tudo isso serve para informar que, independente de sua fonte vegetal, a própolis pode oferecer uma série de benefícios. Isso se deve, principalmente, ao papel que ela desempenha na colmeia: é a arma química das abelhas contra as ameaças externas. 

Gostou de entender tudo o que nosso extrato de própolis Ultra pode proporcionar? Caso tenha interesse, você pode encontrá-lo em uma série de lojas de produtos naturais. Para saber mais, entre em contato conosco e comece a cultivar mais qualidade de vida!


Texto adaptado do artigo “Própolis ultra: potencializando a atividade da resina”, produzido pela Profa. Dra. Maria Cristina Marcucci, especialista em produtos da colmeia. Clique aqui para ver o material fonte.